Uncategorized

Foto de admin

Apneia do sono debilita e pode até matar

Uma pesquisa divulgada recentemente pela Unifesp  revelou que cerca de 30% da população da capital paulista sofre de SAO (Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono). O distúrbio consiste na obstrução parcial ou total das paredes da faringe, o que causa interrupções na respiração e fragmenta o sono do indivíduo.
“São pausas repetidas de respiração que duram mais que dez segundos”, explica Braz Paulo Nicodemo Buzatto, otorrinolaringologista do Hospital Santa Virgínia. “É normal ter até cinco pausas por hora. Mais que isso já é considerado doença.”

Leia Mais
Subscrever RSS - Uncategorized